Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
9/02/24 às 10h18 - Atualizado em 9/02/24 às 10h18

Vacina contra a dengue chega ao DF. Saiba tudo sobre a vacinação

 

A primeira remessa de doses da vacina contra a dengue chegou ao Distrito Federal na tarde desta quinta-feira (8). Os imunizantes foram entregues na Rede de Frio do DF vindos de São Paulo. Eles serão distribuídos entre 37 unidades básicas de saúde (UBSs) que serão pontos de vacinação do público-alvo, sem necessidade de agendamento. A imunização dos jovens de 10 a 14 anos começa na sexta-feira (9).

 

Os imunizantes serão distribuídos entre 37 UBSs que serão pontos de vacinação do público-alvo, sem necessidade de agendamento | Foto: Georgie Gianni / VGDF

 

Ao todo, chegaram 71.708 doses das 194 mil destinadas à capital federal, o número equivale à mesma quantidade de habitantes da faixa etária. O DF foi uma das primeiras unidades da Federação a receber as vacinas do Ministério da Saúde, ao lado da Bahia e de Goiás.

 

“Não chegaram todas as doses previstas. Mas vamos continuar seguindo a orientação do Ministério da Saúde de imunizar os jovens de 10 a 14 anos”, informou a vice-governadora Celina Leão. “A vacina é apenas um dos instrumentos para esse combate ao surto. É importante realmente a gente fazer a prevenção”, completou.

 

As vacinas estão sendo entregues de forma gradual. Nesta primeira etapa, serão concedidas apenas as vacinas de primeira dose. O esquema de vacinação do imunizante conta com duas aplicações. A segunda dose está prevista para maio.

 

Para a vacinação, os jovens devem comparecer acompanhados dos pais ou responsáveis com a carteira de identidade ou com certidão de nascimento. As unidades básicas abrem às 7h e a vacinação está prevista para as 8h.

 

“Gostaria de frisar que a vacina vai corroborar o enfrentamento à dengue. Mas vai ser uma resposta a médio e longo prazo. De imediato são as medidas que o governo está tomando na intersetorialidade na coleta de resíduos sólidos, no olhar de cada cidadão para sua residência e a vacina vem ao encontro de uma necessidade”, destacou a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio.

 

Imunização

 

O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público. A Qdenga, produzida pelo laboratório Takeda, foi incorporada ao SUS em dezembro do ano passado, após análise da Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no SUS (Conitec). Ao todo, serão 6 milhões de doses para serem distribuídas por todo o país.

 

O público-alvo da imunização são crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, por se tratar da faixa etária que concentra o maior número de hospitalizações por dengue, depois de pessoas idosas, grupo para o qual a vacina ainda não foi liberada pela Anvisa.

 

Por: Agência Brasília