Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
6/06/23 às 17h20 - Atualizado em 6/06/23 às 17h20

Mulheres do GDF se mobilizam em campanha de doação de sangue

Na manhã desta terça-feira (6), autoridades e representantes do Governo do Distrito Federal (DF) estiveram presentes no lançamento da campanha Mulheres no Poder Doando Sangue e Salvando Vidas. O projeto é da vice-governadora do DF, Celina Leão, com apoio da Fundação Hemocentro de Brasília.

 

A vice-governadora Celina Leão fez parte do grupo que abriu a campanha. Foto: George Gianni/ Ascom Vice Governadoria 

 

O objetivo da campanha é promover o empoderamento feminino e enaltecer a força da mulher por meio da doação de sangue. A iniciativa também está em consonância com o Junho Vermelho, mês dedicado à conscientização sobre esse tema.

 

Neste período, as baixas nos estoques se dão pelo recesso escolar, feriados e alta incidência de doenças respiratórias, condições consideradas um impeditivo para quem quer doar sangue.

 

Representatividade

 

Atualmente, o Hemocentro está com estoques baixos de sangue O+, O- e B-. A fundação acolhe doadores de todos os tipos sanguíneos para atingir a meta diária de 180 doações, número considerado ideal para suprir a demanda do DF.

 

“As mulheres do poder são referências para a sociedade; então, essa campanha tem o objetivo de mobilizar a sociedade por meio dessas mulheres. É uma campanha de amor e de fraternidade, e nós temos que dar o bom exemplo”, afirmou Celina Leão.

 

Durante o lançamento da campanha, a vice-governadora doou sangue por cerca de seis minutos. “É muito rápido e não dói”, disse. “É um gesto de amor. Estamos muito felizes de estarmos aqui”.

 

De acordo com a gerente de captação de doadores do Hemocentro, Kelly Barbi, o intuito é fazer alusão a outras lutas femininas. “Nós quisemos reunir a representatividade feminina na política, que ainda não está no ideal, com a campanha de doação de sangue para alavancar as ações femininas”, detalhou.

 

Iniciativa salva vidas

 

A primeira-dama do DF, Mayara Noronha Rocha, também marcou presença na campanha. “Estamos prestes a passar por um feriado, e os bancos de sangue tendem a baixar”, lembrou. “Se você tem a possibilidade, faça essa contribuição, faça esse ato constante de doação de sangue”.

 

A secretária da Mulher, Giselle Ferreira, também fez a sua contribuição durante o evento. “Doar é um gesto de amor”, declarou. “O mundo precisa de pessoas que se doam. Temos que nos unir e fazer a diferença na vida das pessoas”.

 

A secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, compareceu ao encontro e afirmou: “Mesmo não podendo doar, fiz questão de estar aqui pela importância do tema. Vamos salvar vidas”.

 

Apesar de ter sido um evento cujo foco era o público feminino, isso não impediu que o presidente da Câmara Legislativa do DF, Wellington Luiz, fizesse a sua parte. “Estamos extremamente felizes e honrados com esse momento”, disse ele. “É uma iniciativa muito importante. Venham doar. É um processo maravilhoso, não dói e não demora”.

 

Por Thaís Miranda, da Agência Brasília | Edição: Chico Neto