Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
29/06/23 às 13h45 - Atualizado em 3/07/23 às 17h24

GDF lança obra da primeira creche do Riacho Fundo

A primeira creche pública do Riacho Fundo vai atender cerca de 188 crianças de até 3 anos em tempo integral

 

A governadora em exercício Celina Leão visitou o canteiro de obras do Centro de Educação da Primeira Infância (Cepi) da QN 09 do Riacho Fundo. A obra é a primeira creche pública da cidade e vai atender cerca de 188 crianças de até 3 anos em tempo integral.

 

Esta é a quinta unidade lançada pelo GDF em 2023. Além da unidade do Riacho Fundo, localizada a poucos metros do terminal rodoviário, foram lançadas obras no Jardins Mangueiral, Guará (EQ 17/19), Taguatinga (Setor J) e Recanto das Emas (Quadra 510).

 

Para Celina Leão, a construção de creches é uma das maiores missões do governo na educação. “Nós, mulheres, sentimos na pele a necessidade de ter creches. Construir creche é cuidar da mulher, cuidar da família e dar oportunidade de emprego a essas pessoas que muitas vezes não têm onde deixar os filhos”, pontuou a governadora em exercício.

 

A nova unidade do Riacho Fundo atende a essa necessidade e segue o modelo padrão tipo 1 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Construída em concreto armado e com cobertura de aço, a creche terá dez salas de aula, refeitório, cozinha, despensa, lavanderia, rouparia, varanda de serviço, secretaria, lactário, sala de professores e de direção, distribuídas em uma área de 1,3 mil m². Os recursos são parte do GDF, que investiu R$ 2.758.183,06, e parte do FNDE, que colaborou com R$ 3.241.548,01, totalizando R$ 5.999.731,07.

 

Vagas para todos

 

A rede pública tem universalizado a oferta de vagas para alunos de 4 anos até a Educação de Jovens e Adultos (EJA), ou seja, há vagas disponíveis a todos os estudantes nessas etapas escolares. É justamente o ensino infantil, que abarca as creches e Cepis públicos e conveniados, para alunos de até 3 anos, onde está o gargalo na rede.

 

Hoje, o DF tem cerca de 30 mil alunos matriculados no ensino infantil, sendo 25 mil nas unidades da rede pública e 5 mil nas creches conveniadas. Fora esse contingente, há 13 mil crianças à espera por uma vaga, marca que era de 23 mil crianças em 2019.

 

Atender todas as crianças é, portanto, uma meta perseguida pela Secretaria de Educação. “A ordem do governador Ibaneis Rocha é construir o máximo de unidades, e o que a gente não conseguir construir a gente faz parceria com a rede privada, por meio do Cartão Creche, para dar esse atendimento. Vamos avançando, nosso objetivo é ter todas as crianças na escola”, explicou a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá.

 

Lançado em 2021, o programa Cartão Creche mencionado pela secretária de Educação fornece aos pais um valor para pagar a mensalidade em instituições credenciadas. Em 2022, o projeto contou com investimento de R$ 28 milhões.

 

Presente no evento, a dona de casa Maria José Izidro Pinto, moradora da cidade, reforçou a importância da oferta de ensino na região. “Estou no Riacho Fundo há 30 anos, desde que a cidade foi fundada. Tem muita mãe precisando de creche aqui, mas graças a Deus que o governador do está fazendo esse Cepi”, comemorou.

 

Texto: Ian Ferraz, da Agência Brasília | Edição: Vinicius Nader