Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/12/19 às 12h42 - Atualizado em 7/01/20 às 13h28

Praça dos Três Poderes – Brasília 60 anos

COMPARTILHAR

Foto: Vinicius de Melo

 

 

Lucíola Barbosa

 

Além do horizonte, em Brasília, existe um lindo lugar, e fica no final da Esplanada, atrás do Congresso Nacional: a Praça dos Três Poderes, que abriga a independência e a harmonia presentes nas sedes do Palácio do Planalto (poder Executivo), do Congresso Nacional (poder Legislativo) e do Supremo Tribunal Federal (poder Judiciário). A Praça e os edifícios que a cercam foram projetados por Oscar Niemeyer e idealizados por Lúcio Costa e encarnam a essência da República. Interessante é observar que o equilíbrio existente entre os três poderes, nos prédios citados, seria representado pela formação de um triângulo equilátero (três lados iguais).


Entre os monumentos, fincada no centro da Praça está a escultura que é considerada um símbolo de Brasília: a obra Os Guerreiros, de Bruno Giorgi, mais conhecida como Os Candangos. Na foto, ao fundo, pode-se avistar o Palácio do Planalto, revestido de mármore branco. Com a fachada voltada para a Praça, o Palácio abriga, no terceiro andar, o gabinete do presidente da República.


A história conta que Niemeyer teria dito que o prédio do Congresso Nacional é sua obra predileta. Os turistas se encantam com as duas cúpulas, que representam os plenários da Câmara dos Deputados (virada para cima) e do Senado Federal (virada para baixo). As administrações das duas Casas Legislativas funcionam nos dois prédios verticais de 28 andares – os mais altos da capital -, que são unidos por uma passarela, formando a letra “H”, alusiva aos conceitos de “homem, honra e honestidade”.


Já o prédio do STF, de colunas externas, segue linhas arquitetônicas semelhantes às dos Palácios do Planalto e da Alvorada, residência oficial do presidente da República. O Supremo possui obras de arte, um museu com um plenário da antiga sede do Rio de Janeiro, além de móveis, togas e objetos pessoais de ex-ministros.


A Praça dos Três Poderes conta ainda com os seguintes monumentos: a escultura A Justiça, de Alfredo Ceschiatti, em frente ao Supremo Tribunal Federal; o Panteão da Pátria (construído em homenagem ao ex-presidente eleito Tancredo Neves e aos heróis da pátria) e a Pira do Panteão, com a “chama eterna da democracia”; o Marco Brasília, em homenagem ao ato da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que considerou a cidade, em 1987, Patrimônio Cultural da Humanidade; o Museu Histórico de Brasília; o Mastro da Bandeira Nacional, visível de diversos pontos da cidade, cuja estrutura é de 100 metros de altura, com uma bandeira de 286 metros quadrados, permanentemente hasteada; Espaços Lúcio Costa e Oscar Niemeyer.