Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/09/19 às 15h31 - Atualizado em 1/10/19 às 15h35

Parque Ecológico Olhos d’Água é entregue revitalizado à população

COMPARTILHAR

Considerado “quintal de casa” para moradores do final da Asa Norte, o Parque Ecológico Olhos D’Água estava em festa na manhã deste sábado (28). Dezenas de frequentadores foram ao local, com o intuito de comemorar os 25 anos de criação dessa Unidade de Conservação, durante evento em que o GDF Presente entregou as obras de melhorias do Parque Ecológico. Entre outras atividades, houve a promoção de atividades físicas, como aula de yoga. No local, com apresentação musical, foi servido um diversificado café da manhã e foram entregues flores em homenagem aos colaboradores do parque (veja mais no vídeo abaixo).

 

O vice-governador Paco Britto, representando o governador Ibaneis Rocha, pediu à população que cuide dos parques. “Isso aqui é de vocês! Protejam e cuidem (do parque). Vamos voltar a ser a cidade verde, que a população merece”, disse, observando que, dos 83 parques do Distrito Federal, oito já foram recuperados.

 

Para o presidente do Brasília Ambiental (Ibram), Edson Duarte, o acontecimento é simbólico e o maior beneficiado nessa ação conjunta e de grande mobilização, que envolve vários órgãos do governo, é a população. “Quem frequenta o parque ganhará como presente, nos 25 anos de existência, mais qualidade de vida, conforto, segurança e lazer”, pontuou, garantindo que foi “sem nenhum impacto financeiro na administração pública”.

 

Participantes do projeto “Vô, Vó Malhar é no Parque” – criado em 2010, para atender alunos de melhor idade, que malham na Academia da Terceira Idade (ATI), situado no Parque Olhos D’Água – estão sempre por lá. É o caso da moradora da 104 Norte, Maria das Dores, que há oito anos frequenta o parque. Animada, ela conta que marca presença na academia três vezes por semana. “Venho sempre”, completa, acompanhada da filha Ângela Maria Nascimento e Silva, também integrante do grupo.

 

Desde a inauguração da unidade, as amigas Lourdes Marinho, 96 anos, e Eliane Pinto, 62 anos, são assíduas à academia. “Aqui é ótimo. É o quintal de casa”, reconheceu Lourdes, referindo-se ao parque.

Também estavam na solenidade os secretários José Humberto Pires (Governo), Sarney Filho (Meio Ambiente) e Vanessa Mendonça (Turismo); a administradora Regional do Plano Piloto, Ilka Teodoro; o coordenador do projeto “Vô, Vó Malhar é no Parque”, Fernando Barreira; o reitor do Uniceub, Getúlio Lopes, e sua esposa Cláudia Maldonado; demais autoridades e lideranças comunitárias.

 

Obras

 

As obras do programa GDF Presente iniciaram-se em junho. Foram feitos, por exemplo, reparos no cercamento de todo o parque; troca da iluminação pública de lâmpadas comuns para as de LED; revitalização da praça central, do parque ecopedagógico, do circuito inteligente de ginástica e dos banheiros públicos; recuperação do calçamento intertravado das trilhas; reparos na área da Lagoa; construção de espaço para realização da feira orgânica, entre outros.

 

A força-tarefa na Unidade de Conservação incluiu representantes de diversos órgãos, como as Secretarias de Meio Ambiente, de Segurança Pública, de Obras e de Cidades, Administração Regional do Plano Piloto, Novacap, SLU, Caesb, CEB, Funap, Detran, DER, DF Legal, além de lideranças comunitárias e da iniciativa privada.

 

As mudanças no parque Olhos d´Água incluem o resultado de várias parcerias, como a de um casal empreendedor, Fabrício Batista e Vanessa Leda. Moradores da quadra em frente ao parque, eles frequentam assiduamente o local e resolveram colaborar, por meio da empresa Viva a Segunda! O casal criou a linguagem visual, por meio de artes e impressões, patrocinando o grafite de Pedro Gideon, criador do personagem Gurulino, que agora enfeita a entrada do Parque e os totens de sinalização. Além de criarem mensagens motivacionais nas lixeiras, convidando a população a descartar o lixo de maneira correta.

 

Um pouco sobre o parque

 

Fundado em 12 de setembro de 1994, o Parque Ecológico Olhos d’Água é procurado por aqueles que gostam de fazer caminhadas e contemplar a natureza. Abriga imensa biodiversidade, incluindo peixes, aves e pequenos mamíferos. A Lagoa do Sapo, abastecida por diversas nascentes situadas no interior da Unidade de Conservação, é um de seus principais atributos naturais.

 

O Parque Ecológico Olhos d’Água é frequentado, em média, por 1.100 pessoas por dia, e 2.600, nos finais de semana. Funciona das 6h às 20 h, com entrada gratuita.

 

Serviço:

Local: nas entrequadras 413/414 Norte
Funcionamento: diariamente, das 6h às 20h
Entrada gratuita

 

* Com informações do Ibram