Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/06/19 às 12h06 - Atualizado em 11/06/19 às 16h50

Paco Britto recebe diretora da Flacso

COMPARTILHAR

Lucíola Barbosa

O vice-governador Paco Britto recebeu, na manhã desta terça-feira (4), no Palácio do Buriti, a diretora nacional da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), Salete Valesan. A instituição é uma organização intergovernamental regional autônoma, criada em 1957, por iniciativa da Unesco e de alguns governos da América Latina e Caribe, durante a Conferência Latino-Americana de Ciências Sociais, realizada no Rio de Janeiro. A visita teve o intuito de estreitar laços com o Governo do Distrito Federal e estabelecer cooperação em áreas de interesse mútuo.
Na oportunidade, Salete Valesan solicitou apoio do governo. Paco Britto manifestou o interesse do Governo do Distrito Federal em conhecer mais de perto as iniciativas da Flacso, bem como identificar possíveis oportunidades para realização de projetos conjuntos, tais como aqueles voltados à capacitação de servidores e formação de gestores, e a ações em prol da juventude.
Com o objetivo de promover atividades de ensino, pesquisa, difusão, extensão acadêmica e cooperação técnica, no âmbito das Ciências Sociais, a organização desenvolve suas atividades em dez unidades acadêmicas, distribuídas em quinze países membros, entre eles, o Brasil. Na capital federal, a Flacso realiza ações de cooperação e de intercâmbio acadêmico, científico e cultural, em parceria com a Universidade de Brasília (UnB) e, também, possui cooperação internacional com o Instituto Federal de Brasília (IFB). Além de Brasília, a faculdade possui duas unidades, uma em São Paulo e outra no Rio de Janeiro.
Segundo Salete, a Flacso assinou convênio com o governo federal, em 1990, para o funcionamento da sede acadêmica no país. Em 1992, o Congresso Nacional aprovou esse acordo por meio de Decreto Legislativo. “O acordo entre a entidade e o governo prevê a execução de atividades de docência de pós-graduação, pesquisa e outras modalidades de cooperação no campo do desenvolvimento econômico e social e da integração da América Latina e do Caribe”, explicou a diretora.
Ainda de acordo com Salete, atualmente, são oferecidos 66 programas, sendo 7 de doutorado, 37 de mestrado e 22 de especialização, dentro do ensino de pós-graduação em diferentes disciplinas e temas das Ciências Sociais, que são uma das principais atividades da Flacso.