Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/05/19 às 16h44 - Atualizado em 11/06/19 às 16h51

Governador em exercício recebe no Palácio do Buriti festeiros do Divino Espírito Santo

COMPARTILHAR

Lucíola Barbosa

O governador em exercício, Paco Britto, recebeu, na manhã desta quarta-feira (29) no Palácio do Buriti, os casais festeiros de 2019 da Festa em Honra e Louvor ao Divino Espírito Santo. Na oportunidade, os organizadores entregaram, ao chefe do Executivo em exercício, um kit de lembranças alusivo à festa religiosa, contendo quadro, duas camisas, uma flâmula benta com o símbolo do Divino Espírito Santo, a programação e o convite para participar da festa religiosa, que ocorrerá entre os dias 31/5 e 9 de junho próximos.
Paco Britto agradeceu o convite e disse que pretende prestigiar a festa, cujo início dos festejos está previsto para o meio-dia, na Paróquia São Sebastião, em Planaltina, no encontro das bandeiras. Também convidada, e presente ao encontro, a esposa do governador em exercício, Ana Paula Hoff, participou das orações e bênçãos feitas pelos dois casais responsáveis pelo evento deste ano: Aureliano e Larissa Guimarães; Miguel Ângelo e Andreia Eça receberam os títulos de Imperador e Folião de Rua, respectivamente, de 2019, na Paróquia São Sebastião. A festa é celebrada, todo ano, em todas as paróquias de cidade.
Segundo Aureliano Guimarães, a Festa do Divino Espírito Santo recebe, em média, 50 mil pessoas, entre devotos, voluntários e peregrinos. Procedente de Portugal, a tradição perdura há 137 anos no Distrito Federal, e teve início na época em que Planaltina ainda era cidade do estado de Goiás. Atualmente, a festa integra o calendário oficial de eventos do DF.
Ainda de acordo com Aureliano, trata-se da festa religiosa mais antiga do DF, que mobiliza toda cidade de Planaltina, “É uma alegria estar aqui. O governo nos deu força, através da Secretaria de Cultura”, disse, acrescentando que, mais de um século depois, a cidade mantém viva a tradição e a fé ao Excelso Paráclito. Durante o cortejo, os fiéis levam, além da bandeira e a imagem símbolo do Espírito Santo, a imagem de Nossa Senhora de Aparecida.

Pentecostes
A Festa do Divino Espírito Santo acontece sete semanas depois do domingo de Páscoa, no dia de Pentecostes. Ela é realizada em várias cidades do país e comemora a descida do Espírito Santo sobre os 12 apóstolos de Jesus Cristo. Trata-se de uma das mais antigas tradições do catolicismo brasileiro.