Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/08/19 às 11h32 - Atualizado em 30/08/19 às 14h36

Coronel Julian Rocha Pontes assume comando-geral da PMDF

COMPARTILHAR

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) tem um novo comandante-geral, o coronel Julian Rocha Pontes, cujo decreto de nomeação foi assinado em 8 de agosto. Realizada na noite de quinta-feira (29), no pátio da Academia Militar do DF, a cerimônia de passagem de comando foi presidida pelo vice-governador Paco Britto, representando o governador Ibaneis Rocha.

 

Paco Britto, ao ressaltar o respeito e o compromisso do Governo do Distrito Federal com a PMDF e com seus integrantes, lembrou que o governo tem a meta de reduzir o interstício (intervalo de tempo em que um militar permanece no posto ou na graduação entre uma promoção e outra).

 

Enquanto isso, destacou o vice-governador, o GDF segue atento aos anseios da tropa da PMDF. “De modo mais imediato, estamos trabalhando no projeto que isentará os policiais militares da cobrança de imposto de renda na gratificação por serviço voluntário”, informou.

Desejando sucesso ao novo comandante-geral na liderança da instituição, Paco Britto aproveitou para agradecer a dedicação da coronel Sheyla Soares Sampaio, a quem o coronel Pontes sucede. “Seu esforço e trabalho foram importantes no contexto das ações da PMDF”, pontuou.

 

Cerimônia

 

Durante a solenidade, alunos do Colégio Militar Tiradentes conduziram os símbolos do comando-geral – espada, bastão e insígnia –, este último entregue ao novo comandante pelo vice-governador. Outros destaques da cerimônia foram a passagem da tropa em revista, a incorporação da Bandeira Nacional com a execução do Hino à Bandeira e a leitura dos históricos desses símbolos.

 

No encerramento da cerimônia, ao som da Banda de Música da PMDF, desfilaram as tropas da PM, do Batalhão das Operações Especiais e das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), além da passagem do Regimento Montado, viaturas e motos.

 

Também participaram da evento o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, major Jorge Oliveira; o secretário de Segurança Pública e Paz Social, Anderson Gustavo Torres; o secretário de Relações Internacionais, embaixador Pedro Luiz Rodrigues; o comandante do Corpo de Bombeiros Militar do DF, Emilson Ferreira dos Santos; o comandante do Comando Militar do Planalto, general de divisão Sérgio da Costa Negraes; o vice-presidente conselheiro do Tribunal de Contas do DF, Márcio Michel; o diretor-geral da Polícia Civil do DF, Robson Cândido da Silva, além de parlamentares, embaixadores, oficiais e praças da PMDF e das Forças Armadas, adidos militares e administradores regionais, entre outros convidados.

 

Perfil

 

Formado em direito e em ciências policiais pela Academia de Polícia Militar de Brasília, com pós-graduação em segurança pública e em direito público, o novo comandante-geral está há 28 anos na PMDF.

 

Entre outras experiências, o coronel Pontes atuou como subsecretário de Operações Integradas da Secretaria de Segurança Pública. Também foi chefe da Secretaria Especial da Ordem Pública e comandante do Centro de Treinamento e Especialização e do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam).

 

“Creio nas parcerias pautadas no respeito e na confiança”, declarou, durante seu discurso, defendendo o trabalho integrado com o GDF. Também ressaltou a importância do “respeito ao direito humano”, no sentido de proporcionar segurança aos cidadãos. Falou ainda sobre os desafios do comando e a gestão por resultados, no contexto da segurança da capital federal.